BEM VINDO À REDE D'OR SÃO LUIZ

Fale Conosco

O que você procura

Sua Saúde


13/03/2017 - Sedentarismo é responsável pelo surgimento de inúmeras doenças


 

Os avanços tecnológicos são grandes aliados da modernidade, mas, se utilizados em excesso, podem induzir ao sedentarismo. É comum que atividades simples, como ir até a lanchonete da esquina sejam substituídas por pedidos de comida pelo aplicativo de celular, assim como ficou mais cômodo pagar as contas sem precisar ir ao banco. É indiscutível a praticidade, porém as atividades cotidianas também contribuem para manter o corpo ativo. Especialistas relatam que a população atual gasta bem menos calorias por dia do que há 100 anos, e 70% da população brasileira não pratica exercícios físicos regularmente. O destaque é que mudanças simples podem contribuir para que doenças sejam evitadas.

 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) é considerado sedentário o indivíduo que gasta menos de 2.200 calorias por semana em atividades físicas e ocupacionais, representando um gasto de 300 calorias por dia, equivalente a uma hora de movimento significativo. O sedentarismo é considerado um problema de saúde pública, pois pode desencadear diversos problemas como colesterol, diabetes, hipertensão, sobrepeso e obesidade.

 

- Além de oferecer diversos benefícios para a saúde, a prática de atividade física também é grande aliada da saúde emocional, pois aumenta a autoestima, a autoconfiança, o sentimento de felicidade promovendo entusiasmo e otimismo. Um grande leque de opções é oferecido e não é preciso ir para academia para sair do sedentarismo. Caminhar, correr, pedalar, nadar ou jogar bola são excelentes atividades para movimentar o corpo e cuidar da saúde – comentou o ortopedista do Hospital Rios D’Or, Rodrigo Rezende.

 

A escolha pela atividade a ser praticada deve respeitar algumas questões como doenças pré-existentes, condição física e idade. Os limites do corpo devem ser respeitados e a consulta médica antes do início de qualquer esporte deve ser uma regra para evitar lesões musculares e/ou danos permanentes à saúde.

 

- Através da avaliação médica é possível identificar algumas inconformidades como hipertensão arterial, problemas cardíacos, pulmonares, entre outros. Por isso, a consultas médica prévia é tão importante. Além disso, vale ressaltar que o uso associado de estimulantes, energéticos e anabolizantes pode provocar arritmia cardíaca – detalha Dra. Olga Ferreira de Souza, coordenadora do serviço de arritmia e eletrofisiologia da Rede D'Or São Luiz.

 

 

Nunca é tarde para resgatar a saúde. A primeira regra para se tornar ativo é sair da zona do conforto e se conscientizar sobre a importância do exercício físico. Escolher uma atividade que dê prazer é fundamental para a regularidade da prática. Mudar simples hábitos como usar a escada ao invés do elevador, ir até a padaria caminhando e estacionar o carro em um lugar distante do seu destino são boas formas para dar um “chega pra lá” definitivo ao sedentarismo.